Os Tempos Avatar

explorando consciência
edição dezessete 

O Curso Avatar nada mais é do que uma fuga da armadilha da mente, na qual você tem estado preso por tanto tempo que você até esqueceu como é sentir a liberdade.

Encontrando Seu Poder

por Harry Palmer

photo of Harry PalmerEm um esforço para categorizar realidades, alguém veio com os conceitos de objetivo e subjetivo. Objetivo refere-se a uma realidade que está fora de sua mente e subjetivo refere-se a uma realidade que está dentro da sua mente. Por exemplo, uma cadeira no meio da sala está fora de sua mente, então isso seria considerado na categoria de realidade objetiva. Você tem sentimentos sobre a cadeira e acha que ela é bonita. A ideia de "bonita" está dentro de sua mente. Isso é considerado uma realidade subjetiva.

Sem problemas, até agora, certo?

Categorias objetiva e subjetiva parecem ser lógicas até que os itens que elas contêm comecem a se cruzar. Por exemplo, imagine que todos os outros também acham que a cadeira no meio da sala é bonita. A cadeira é colocada em um museu e é admirada por milhares de críticos de arte, que vêm para ver a bela cadeira. A ideia subjetiva de "bonita" tem, por acordo, tomado a característica de realidade objetiva. Ambas, a cadeira e a ideia de bonita estão agora fora da mente.

Ok, isso não é nada para se entusiasmar, mas repare o fluxo da criação. Começa com uma ideia subjetiva, ganha consenso e acaba como uma qualidade objetiva. Se você pensar sobre isso, você vai perceber que este é outro argumento para o axioma do Avatar: "Quando você está vivendo deliberadamente, a crença cria a experiência."

Beleza é sempre subjetiva? Alguns de vocês dizem sim. Então, vamos ainda ao mais básico. Existe "algo" no meio da sala. Esse algo é a realidade objetiva, fora da sua mente. Outras pessoas concordariam que existe algo no meio da sala. Elas podem vê-la também. Você decide chamar o algo no meio da sala de uma "cadeira".

A ideia de "cadeira" está em sua mente. É uma realidade subjetiva. Alguém poderia etiquetar a coisa no meio da sala como algo diferente. "Ah essa coisa, é um sentador".

image of tug-of-war Desde que não haja desacordos sobre o nome da coisa no meio da sala, não há dúvida de que as etiquetas são subjetivas. Você tem um grupo que chama a coisa de "sentador", e você tem um outro grupo que chama a coisa de "cadeira". Todas as pessoas têm direito ao seu próprio ponto de vista. Devemos deixar isso pra lá, mas então alguém faz a pergunta mais perigosa: "Quem está certo?"image of belief sign

Estar certo é como a "beleza", ela é sempre subjetiva, certo? Nem todos concordam. No grupo sentador, "sentador" é certo. No grupo cadeira, "cadeira" é certo.

Vamos supor que, em vez de discutir uma coisa no meio da sala, você está discutindo suas crenças religiosas.  Você gostaria se alguém salientasse que as suas crenças religiosas são subjetivas? A que isso levaria? Isso levaria as pessoas a defenderem as suas opiniões subjetivas?

photo of chess pieces O grupo da cadeira ataca o grupo do sentador e mata a todos. É uma guerra santa. Logo após o último sentador assassinado dar o seu último suspiro, a etiqueta para aquela coisa no meio da sala torna-se por unanimidade, um acordo objetivo, uma cadeira. Você vê?
photo of chess pieces 2
Será que isto dá alguma luz sobre as cruzadas?

Quanto derramamento de sangue e caos têm sido causados por pessoas futilmente tentando transformar uma opinião subjetiva em uma realidade objetiva? Quantas pessoas protegem a sua fé persuadindo outros? Existe certa descontração sobre a filosofia "viver e deixar viver" que nem sempre é ampliado para assuntos sérios ou para aquelas questões que nós decidimos tornar sérias.

Se quiser ir ainda mais básico do que linguagem e etiquetas, você vai se encontrar lidando com percepções, impressões, sensações-sentimentos. Fique comigo, porque eu vou levar esta fala para além da especulação mental. Olhe em volta para qualquer coisa e apenas tire as etiquetas e as palavras de tudo.

image of viewpointsVocê pode fazer isso. Tire as etiquetas e as palavras de tudo.

(A sala torna-se muito quieta.)

Esse é o domínio das formas puras. Algumas pessoas consideram que essa seja a objetividade final. Mas note que ainda estou usando a palavra, "considerar".  Algumas pessoas consideram ...

Considerar é um processo subjetivo. Então você ainda tem esse pouco de subjetivo mesmo nesse domínio de formas puras. Esta próxima declaração pode surpreender a alguns de vocês: O pouco de subjetivo que não pode ser eliminado do domínio da forma pura é você.
image of I

Você é subjetivo? É o "Eu" subjetivo? Bem, você não é um objeto, é? E você não é uma qualidade com a qual todos concordam.

Vamos avançar mais um passo e nos aprofundar nesse "você-eu"?

Tire todas as etiquetas do você-coisa que está olhando ao redor. Abandone qualquer consideração ou definição que tenha para seu eu-coisa.

O centro da questão é que você está para além da dicotomia do subjetivo e objetivo. Existe uma consciência de formas mentais que são moldadas a partir da consciência ilimitada. 
image of formlessPode-se ir mais além?

A ilusão de que você está descartando é que a consciência ilimitada está dentro da mente e que alguma outra coisa está fora da mente. Este algo fora da mente? Realidade objetiva? Parece ser independente de você. Mas é você que faz com que isso seja independente. Você subjetivamente decide o que é objetivo.


Se você deixar de separar os conceitos das formas, jogar fora todas as definições e limites, tudo é um todo indiferenciado. Jogue fora o subjetivo "eu" do objetivo "isso" e só existe uma unicidade potencial esperando para definir a si mesmo.

Existe uma citação da Bíblia: "No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus."

Agora estamos discutindo o nascimento de um Avatar.

O que eu estou falando é de como você caiu na armadilha da mente. Começa assim: você conclui que você é o resultado de uma realidade objetiva independente que está lá fora, além do seu controle. "Abandone toda a esperança vós quem entrais aqui." 

image of trapped
Você imagina a consciência surgindo do mundo ao invés de o mundo surgindo da consciência. Ou redigido de maneira diferente, você acredita que seu subjetivio surgiu do objetivo. O dia que você acreditar nisso você estará numa armadilha. Adeus ser fonte! Você tem o fluxo da criação indo na direção errada. Esta fluindo para você.

A armadilha tenta convencê-lo de que suas crenças são causadas por suas experiências. Você começa a olhar para o mundo como a causa de suas crenças. Você está numa armadilha.

Você tem a psicoterapia olhando para o passado. Tem religiões procurando por pecados e influências anti-sociais. Têm buscadores que buscam pelas vidas passadas, experiências pré-natal, abuso dos pais. E o único conforto que qualquer uma destas abordagens oferece é que você pare de lutar e se entregue a armadilha.

Você sacrificou o todo por uma minúscula fração de desamparo. Você abandonou o poder de sua própria decisão.

image of open window Estou feliz em dizer a você que não é o mundo, não é o passado e que não são os seus pais os responsáveis pela forma como você experimenta a realidade. Seu destino não é moldado pelo impacto de qualquer realidade objetiva, é moldado pela interpretação que você dá ao impacto percebido. É você mesmo, caramba! Fique na armadilha ou desperte e tenha tudo.

O Curso Avatar é um passeio mágico através da consciência para encontrar o poder de moldar a realidade, tanto subjetiva quanto objetiva. Suba a bordo.

  

cover of Living Deliberately

A História do Curso Avatar

O artigo acima foi retirado de uma palestra que dei sobre o background para o Capítulo 13, "A Grande Divisão" do meu livro, Vivendo Deliberadamente, a descoberta e desenvolvimento do Avatar. Você pode baixar na internet gratuitamente uma cópia eletrônica do Living Deliberately aqui.

 

photo of Avatar studentsMomentos Extraordinários

Antes de qualquer coisa, uma palavra de agradecimento a você por tornar este material disponível para mim. Tenho lutado com o fingir de ser eu pela melhor parte de minha vida. Eu estava tão longe da minha Fonte que não poderia mesmo identificar quem eu era, ou quando não estava sendo eu. Através dos exercícios, eu experimentei claramente qual era o problema e ainda melhor, os exercícios proporcionaram a solução. Que é mais do que a maioria das terapias fazem. Fiz a primária de fazer o Curso Master e me sinto muito motivado a contribuir para fazer este adorável planeta mais iluminado ajudando outras pessoas a recuperar a sua capacidade de ter o controle positivo de suas vidas e se tornarem mais felizes e mais cuidadosas com todo o mundo. Obrigado. -v/d L.


Encontrei um senso de força e liberdade para criar o que tem estado coberto por crustáceos de secundárias. Sou muito ambicioso para ajudar a criar o bem-estar global eco-social e evoluir uma nova sabedoria econômica a partir da atual economia do conhecimento. Avatar é o primeiro curso que eu encontrei que lida com a maneira como a consciência funciona. –A.W.

Querido Harry,

Hoje estamos no dia 10 do Curso Avatar em Melbourne e estou testemunhando os muitos milagres que suas ferramentas criam.

Bárbara acaba de ser anunciada e está partindo como uma mulher feliz amando a vida e a família dela.

A filha dela, Alison, é uma companheira AI, e eu adoro a forma como temos o cuidado com as famílias de cada um de nós, uma maneira que fortalece a todos. Alison também está brilhando enquanto ela está caminhando com sua nova mãe, que em apenas 10 dias mudou tanto que ela criou um novo amor para o seu marido, família e crianças e está livre da culpa e da raiva com as quais ela tem vivido desde a morte do seu filho. Temos tanta sorte em fazer parte de um verdadeiro milagre deste incrível time. – S.Z. 


Querido Harry,

Alguém me disse que isto vai direto para você. Eu acho que isto é maravilhoso ainda que tenha que comentar aqui sobre a forma como muitas pessoas usam a palavra "fantástico".

De qualquer forma, estou na Austrália, com 16 anos. Estou em Melbourne, de 1 a 9 de março, no Curso Avatar. Você fez um trabalho brilhante! Sério, eu tive muitas dúvidas antes de vir aqui. Minha mãe já me mandou para três orientadores e estava prestes a desistir de mim. Ela fez o curso primeiro. Ela mudou muito, para melhor. Eu me sinto ótimo. Meu voo é daqui a algumas horas e eu estou feliz em partir, não que não tenha gostado da experiência, mas porque em mim, eu posso sentir a mudança. Meu passado não está mais no controle. Estou animado para crescer. Nem sequer recordo mais dos meus sentimentos para querer voltar atrás. Tenho tantas pessoas a agradecer, indo para o núcleo, mas há apenas duas pessoas! 1.Você, por causa de sua fé e da sua crença. Você tem mudado tantas pessoas, deixando que elas percebam e experimentem. E 2. Eu mesmo. Esta é a melhor coisa. Agora eu sou fonte, O Poder! TUDO! Sou eu quem faço isso por mim. Você deve sentir-se orgulhoso, o que é fantástico (essa palavra novamente) e isso é tão legal! –S.B.


Querido Harry,

Cinco meses atrás, eu deixei a minha cidade natal, Park City, Utah, porque eu não queria viver na cidade onde meu ex-marido, se recuperando do alcoolismo e sua nova esposa, uma amiga minha, viviam. Mudei-me para o Havaí para fugir de tudo. Após a minha Caminhada da Reunificação hoje, no sol da tarde, eu descobri que poderia viver perto deles e sentir só amor e compaixão por ambos. Obrigado Harry. Isto é incrível. Estes cursos são inacreditáveis.  –C.H.


photo of sundial

Não está na hora?

Se você quer que um Master entre em contato com você, por favor clique aqui.

Com o Avatar todos ganham. Cada pessoa que se torna um Avatar muda a consciência coletiva em direção a uma maior tolerância e compreensão. Ajudar a si mesmo com o Avatar ajuda a todos ao mesmo tempo. – Harry Palmer

 

Convide Um Amigo Para Aderir a Os Tempos Avatar

Se você deseja compartilhar essa jornada com outros, por favor, diga a um amigo.